Por: Litoral Sul | 11/04/2018

Desde o início de abril, a galeria do Terminal Central de Criciúma, conta com um ilustre “morador”, que vem fazendo “amizade”, com vários usuários do transporte coletivo. Trata-se de um piano que está à disposição aos que desejarem tocar ou ouvir o instrumento durante todo o dia.

A iniciativa integra o projeto Piano no Terminal Central iniciativa da Associação Criciumense de Transporte Urbano (ACTU), Diretoria de Trânsito e Transporte (DTT) e da Fundação Cultural de Criciúma (FCC). O instrumento pertence à Fundação Cultural de Criciúma e ficará no local até o fim desse mês, para depois circular por outros lugares do município.

“O piano estava sem vida, e pensamos numa forma dar uma utilidade a ele, e a muita gente. Nos primeiros dias, me chamou a atenção a quantidade de pessoas que aderiram a ideia. Um pouco receosas pela novidade, mas sentaram e tocaram o instrumento”, conta satisfeita com a iniciativa, a pedagoga e coordenadora de eventos da ACTU, Marlene Marcos Laranjeira.

O estudante Diogo Pedro, de 16 anos, resolveu arriscar algumas dedilhadas no piano. “Foi uma experiência diferente, ainda não havia tocado num lugar assim. Comecei a tocar aos 11 anos e hoje faço parte de uma orquestra. Devia ter mais vezes essa ação”, disse ele.

Para o presidente da FCC, Serginho Zappelini, a ideia é um benefício para as pessoas que gostam de tocar e não têm um piano, e também para aqueles que vão ouvir e ficar felizes. “É um bem-estar para quem passa pelo local no meio de um dia agitado, com tantas responsabilidades e pode ouvir uma boa música. É um momento de relaxamento e reflexão da vida”, considera.

Acompanhe o vídeo: