Por: Carlos Filipe | 13/03/2019

Quem gosta de futebol já sabe: quarta-feira é dia de ir ao estúdio ou acompanhar o time do coração pelo rádio ou pela TV. O dia 13 de março, no entanto, foi diferente, mas não menos movimentado, para o Criciúma Esporte Clube. Isto porque o elenco trabalhou em dois períodos, enquanto parte da torcida protesta com outdoors contra a diretoria. Ao mesmo tempo, os três grupos, dirigentes, atletas e apaixonados pelo Tigre aguardam pela chegada do novo técnico, Gilson Kleina.

Protesto em Criciúma e Araranguá

Quem passa por algumas das principais vias de Criciúma e Araranguá se depara com outdoors contra a diretoria. “Era uma vez um clube, uma paixão, um orgulho! Hoje não passa de uma farra de incompetentes! Devolvam o nosso clube! #ForaGulosinho”, diz a mensagem, assinada por um grupo que se intitula “A Torcida”.

Procurada pela reportagem, a assessoria de comunicação do Tricolor informou que o clube não irá se pronunciar sobre o assunto.

Atividades na academia e no CT

Com o próximo jogo marcado para domingo, às 16 horas, contra o Tubarão, fora de casa, os atletas participaram de um trabalho de força na academia, na manhã dessa quarta-feira (13), quando também ocorreu um treino de posse de bola, sob o comando do técnico interino, Wilsão. À tarde, a atividade visou as jogadas de ataque e bolas aéreas.

Técnico a caminho

O dia também teve a confirmação da contratação do novo técnico, Gilson Kleina. O profissional, de 50 anos, já treinou o Criciúma em 2003 e vem com os auxiliares Juninho e Fábio Chá.

O treinador tem ainda passagens pelo Palmeiras, Coritiba, Avaí, Chapecoense e Ponte Preta.