Por: Maira Rabassa | 10/09/2019

Relembrar as festinhas de escolas e as baladinhas das casas noturnas da região dos fins dos anos 1980 começo dos anos de 1990. É nesse embalo, que uma turma da região de Criciúma, chega para curtir o show dos tios do metal melódico. Os alemães chegam em Florianópolis, no próximo dia 28 de setembro, para a primeira apresentação no Brasil da nova turnê (e talvez a última) da banda Scorpions.

Nova turnê pode ser a última da carreira do grupo que tem mais de 50 anos de estrada

Entre em nosso grupo e receba as notícias no seu celular. Clique aqui

E como um é bom e dois fica melhor ainda, os roqueiros catarinenses vão contar com o show de abertura com os também alemães da Helloween. A banda de Hamburgo veio substituir o Megadeth, que por questões de saúde de um dos integrantes do grupo precisou cancelar a turnê na última hora. E com esses preciosos ingressos nas mãos, a galera da região segue no ritmo do metal e hard core no mais clássico da palavra.

Em tempos de novas tecnologias, Tais conta com um pendrive recheado com as músicas da banda

Realizar um sonho de adolescência

E como metal é coisa de mulher sim, ela conta que foi influenciada por uma amiga roqueira, e na onda embarcou em busca de realizar um sonho de adolescência. A jornalista, Tais Sutero, que completa 43 anos no próximo dia 26 de setembro, relembra que curtiu muitas festinhas americanas* ao som do Scorpions. “A banda lembra a minha juventude. Rock clássico, mesmo o grupo sendo de 65. Eu nasci em 76, faz voltar aos tempos de uma letra mais verdadeira”, comenta Tais, que mora em Laguna. Uma das músicas esperadas é a “Wind Of Chance”. “Adoro a música. Ela me coloca pra cima. Pois diz ‘vento de mudanças, somos próximos como irmaõs'”, conta entusiasmada. A jornalista ganhou um pendrive de um amigo com todos os sons dos caras. “Estou ouvindo todos os dias. Preparada”.

Velhos programas de rádios

“Eu tinha um DVD da turnê deles com a Sinfônica de Berlim e rodou por seis meses no meu carro”, recorda o criciumense Marcelo Alano, professor. A reportagem perguntou onde estava o apreciado DVD, e Marcelo conta que deva ter furado, aos risos. A clássica “Stil Loving you” é uma pedida do professor que lembra do tempo que não se tinham sons em celulares. “Tinha um programa numa rádio nos sábados à noite que rolavam uns sons massa. Então a gente se reunia para curtir ou gravar em fita cassete”, resgata na memória Marcelo, de 42 anos.

Henrique vai em busca das boas músicas que embalaram a sua adolescência

Memórias das baladinhas dos anos de 1990

Henrique Gastaldon, 36 anos, morador de Cocal do Sul, mas natural de Urussanga, destaca as baladinhas do começo dos anos de 1990. Que com as bandas que tocavam rock na região ele aprendeu a curtir o metal e hard core. Ele espera com o show dos Scorpions o resgate dessas boas memórias de um tempo mais simples. “Por se tratar heavy metal e hard core, as melodias e as baladinhas deles se tornaram clássico do planeta, a voz indiscutível me atraíram a curtir o som dos caras”, completa Henrique, que é gestor de logística. “Momento de purificar os ouvidos curtindo um rock n roll de qualidade”, conclui.

Saiba mais
O quê: Show Scorpions e Helloween
Quando: 28 de setembro (sábado)
Local: Arena Petry (São José/Florianópolis)
Horário: 19 horas
Ingressos: Site Uhuu!

*Festinhas Americanas
Lembram daquela: “meninas levam os docinhos e salgadinhos e os meninos os refrigerantes”? Era mais ou menos isso que se resumia uma “Festinha Americana”. Onde a turminha (seja ela da escola, da rua, do prédio) se reuniam na casa de algum dos amigos, para ouvir música, dançar, comer e fazer brincadeiras. A faixa etária variava dos 12 aos 14 anos. As melodias que embalavam essa garotada do fim dos anos de 1980 e começo de 1990, eram aquelas que eles gravaram nas fitas cassetes dos sons que tocavam nas rádios FMs da época. Quer lembrar dos sons dessa época? Assista o filme “Gente Grande 1 e 2”, de Adam Sandler. Inclusive, o ator, diretor e produtor sempre usa músicas desses períodos como temas de seus longas metragens. [Nota do Editor]