Por: Litoral Sul | 1 mês atrás

Quatro homens foram condenados, pelo juízo da comarca de Jaguaruna, pelo latrocínio que vitimou um jovem na cidade de Treze de Maio e suas penas, somadas, ultrapassam cem anos de reclusão. O crime aconteceu em junho de 2017, quando os acusados avistaram a vítima em seu carro e, com o objetivo de roubarem o veículo, passaram a seguir a vítima.

Entre em nosso grupo e receba as notícias no seu celular. Clique aqui

Em certo momento, abordaram o automóvel e atiraram uma vez contra a cabeça da vítima, que faleceu por traumatismo crânio encefálico. Segundo os autos, o fato aconteceu no dia seguinte que a vítima havia sido aprovada na prova da Ordem dos Advogados do Brasil, enquanto voltava para casa de uma comemoração pelo feito. O corpo do homem, de 31 anos, foi encontrado às margens da SC 441, na localidade de Rio do Salto, em Treze de Maio. Já o carro da vítima, foi encontrado no bairro Jardim América, na cidade de Içara.

Os quatro homens foram condenados por latrocínio sendo que dois deles foram conndenados a 25 anos de reclusão e os outros dois a 30 anos de reclusão, todos em regime fechado​. Os réus já estavam presos preventivamente desde 2017. Cabe recurso ao Tribunal de Justiça de Santa Catarina.