Por: Carlos Filipe | 15/03/2019

A sexta-feira (15) foi bastante movimentada na política criciumense. Depois de informar que iria exonerar o secretário Geral, Arleu da Silveira, e a titular da Educação, Roseli de Lucca, o prefeito Clésio Salvaro voltou atrás e os manterá nos cargos, após pedido de licença do vereador Allison Pires (PSDB).

Tudo começou na última segunda-feira (11), quando o tucano se absteve da votação no projeto que isentava condomínios da cobrança da Cosip. Salvaro havia solicitado que os vereadores tucanos se posicionassem contra, mas a abstenção quase fez a proposta ser aprovada.

Na terça, o prefeito solicitou que Pires pedisse licença da Câmara até esta sexta-feira, ou exoneraria os secretários, para que voltassem ao Legislativo. Salvaro chegou, inclusive, a “demitir” Arleu e Roseli, mas cancelou a medida assim que Alisson oficializou a licença.