Por: Litoral Sul | 12/07/2019

O prefeito de Maracajá, Arlindo Rocha, anunciou sua saída do ninho tucano, a partir desta sexta-feira, 12. Rocha não concorda com a posição do PSDB de fechar acordo com o governo federal em apoio a reforma da Previdência.

Há 30 anos como advogado trabalhista, o prefeito de Maracajá, aponta que quem vai pagar a conta dos privilégios serão 97% dos trabalhadores brasileiros. Nesta quinta-feira, 11, ele avisou aos vereadores do PSDB que estaria desembarcando.

Entre em nosso grupo e receba as notícias no seu celular. Clique aqui

De acordo com sua assessoria, Rocha por enquanto seguirá sem partido, mas a tendência é que procure uma sigla mais à esquerda. Ele também conversou com lideranças sindicais sobre o descontentamento com os trâmites da reforma no Congresso Nacional.