Por: Carlos Filipe | 10/05/2019

A Divisão de Investigação Criminal (DIC) de Criciúma  apresentou, nessa sexta-feira (10), dados comparativos das ocorrências de roubos em Criciúma nos primeiros quadrimestres de 2018 e 2019. Foram analisados os índices de de roubos gerais, em residências e com uso de armas de fogo. Ainda foram comparados os dados envolvendo roubos de veículos.

 Entre em nosso grupo e receba as notícias no seu celular. Clique aqui 

De acordo com as informações do delegado Yuri Miqueluzzi, os resultados são positivos e mostram a redução dos roubos em Criciúma, devido às ações policiais investigativas e preventivas. “Os números apontam uma significativa queda no período comparado, de janeiro a abril deste ano e anterior”, afirma.

Roubos

Em registros gerais de roubos, considerando todas as modalidades, houve redução de 27% nas ocorrências desse tipo em Criciúma. “A queda foi ainda maior no registro de roubos em residências, com diminuição de 50% no período comparado, enquanto os casos em vias públicas recuaram 29%”, explica, frisando que a análise também consolidou o índice de roubos com uso de arma de fogo, sendo identificada uma redução significativa de 38%.

Roubos de veículos

Houve redução de 36% dos roubos de veículos. Entre janeiro e abril de 2018, foram realizados 33 roubos de veículos em Criciúma. “Este número caiu para 21 no mesmo período deste ano, sendo que 17 destes veículos foram recuperados pelas forças policiais”, enfatiza

Prisões e indiciamentos

As investigações de roubos, extorsões e delitos conexos em Criciúma, realizadas pela Polícia Civil resultaram, por meio da Divisão de Roubos, no pedido de 80 prisões de investigados nos últimos dois anos, sendo 155 pessoas indiciadas. “A totalidade dos casos de latrocínios consumados em 2017, 2018 e 2019 em Criciúma foi esclarecida, com a prisão de todos os envolvidos e condenação nos processos finalizados”, conclui.