Por: Carlos Filipe | 1 mês atrás

A Polícia Civil, através da Divisão de Investigação Criminal (DIC) de Criciúma, registrou queda nos principais índices de criminalidade, entre eles assaltos e roubos de veículos.

De acordo com as informações do delegado Yuri Miqueluzzi, a polícia representou pela prisão de 70 pessoas, nos últimos 18 meses. “Ao todo, 134 investigados foram indiciados por crimes patrimoniais violentos ou delitos relacionados neste período”, informa, frisando que todos os latrocínios registrados em 2017 e 2018 foram elucidados e os suspeitos presos.

Em relação aos roubos de veículos, houve diminuição de 90% dos casos. “Entre janeiro e agosto de 2018, Criciúma registrou uma média de 9,5 veículos roubados por mês. A partir de setembro, houve redução para um caso por mês”, explica.

Menos assaltos em estabelecimentos e residências

A DIC também aponta redução de 60% nos assaltos a residências e 66% em estabelecimentos comerciais. Além disso, os índices de roubos a mão armada caíram 58%. “Os dados apresentados refletem uma ação atuante e positiva da Polícia Civil na execução dos trabalhos investigativos, em conjunto com o trabalho de policiamento ostensivo realizado pela Polícia Militar. A atuação da Polícia Civil ainda conta com a competente atuação do Instituto Geral de Perícia e apoio do Departamento de Administração Prisional e demais forças de segurança, além do ganho operacional nas investigações com o Serviço Aeropolicial (SAER). Ressalte-se, ainda, a atuação célere do Ministério Público e Poder Judiciário nas demandas investigativas solicitadas. Todas estas instituições contribuíram para os indicadores positivos apresentados”, conclui o delegado.