Por: Litoral Sul | 13/03/2019

Ao menos oito crianças foram baleadas em uma escola estadual. Não há ainda informação sobre o estado de saúde das vítimas. A informação foi divulgada pelo Corpo de Bombeiros da cidade de Suzano, na Grande São Paulo na manhã desta quarta-feira (13).

Segundo informações do centro de comunicação da Polícia Militar de São Paulo, ao Canal R7, dois atiradores entraram na escola estadual Professor Raul Brasil, e dispararam contra estudantes e uma funcionária. Ao menos 30 disparos foram feitos. Cinco estudantes e a diretora morreram e os atiradores teriam se matado na sequência.

Outras três crianças deram entrada no hospital Santa Maria, em Suzano. Ainda não se sabe o estado de saúde.

Segundo a Polícia Militar, todo o efetivo da 1ª Companhia do 32º Batalhão de Suzano foi destacado para ir até o local. As equipes da Guarda Civil Metropolitana e do Samu foram enviadas para a escola, que tinham aproximadamente 700 alunos.

Os helicópteros Águia 15 e 17, do Grupamento Aéreo da Polícia Militar, também foram deslocados à ocorrência.

Mais cedo, a Polícia Militar informou que foi acionada para atender a ocorrência de disparo de arma de fogo de pequeno porte e vítimas no local.

O governador João Doria informou, por meio de nota que, assim que foi avisado que havia alunos ferido dentro da Escola Estadual Raul Brasil, cancelou a agenda e se dirigiu ao local para acompanhar o trabalho de resgate e atendimento aos feridos.

 

[Reportagem em atualização]