Por: Litoral Sul | 27/06/2019

Mais um óbito por meningite foi confirmado no Estado. A vítima foi uma mulher de 45 anos, moradora de Cocal do Sul, que estava internada no Hospital São José, em Criciúma. O caso, no entanto, não é do tipo contagioso da doença e, por isso, a Diretoria de Vigilância Epidemiológica (Dive) de Santa Catarina, emitiu nota oficial para esclarecer a situação.

De acordo com o comunicado, a meningite bacteriana possui mais de um tipo, alguns contagiosos e outros não. O órgão informou ainda que a paciente tinha comorbidades e uma das causas da morte foi meningite provocada pela bactéria Streptococcus pneumoniae, também conhecida como pneumococo. “Essa bactéria não é transmissível. Ela faz parte da flora normal do corpo humano, ou seja, todo mundo tem. No entanto, se a pessoa tem uma sinusite ou amidalite, por exemplo, o estado de saúde dessa pessoa pode se complicar e levar a essa meningite”, explica o informativo.

Ainda segundo a Dive, esta morte não foi provocada por meningite causada pela bactéria Neisseria Meningitidis, conhecida por meningococo, que é transmissível e pode causar surtos, enquanto a pneumococo não.