Por: Litoral Sul | 08/06/2019

Representantes do Sindicato da Indústria da Construção Civil Sul Catarinense (Sinduscon) Criciúma, estiveram reunidos nesta semana. Na oportunidade diversos assuntos foram tratados, como o Dissídio Coletivo que segue em negociação; a participação na Feira Internacional da Construção (Construsul) e também detalhes sobre o Encontro Nacional da Indústria da Construção (ENIC) 2019. O evento aconteceu em maio e o Sinduscon Criciúma esteve presente representado por Tiago Henrique Stangherlin.

“Ficou muito claro no evento que o governo quer investir forte nos setores de infraestrutura, transporte e habitação. Dentre as ações explanadas, estavam novas linhas de crédito”, comenta. Outro ponto que pode trazer novidades positivas ao setor, é a reforma da previdência. “O presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia, que esteve no evento, disse que, com a reforma da previdência e outras necessárias que estão no plano do governo, nosso setor e também o país, voltarão a crescer”, acrescenta, Stangherlin.

A Câmara Brasileira da Indústria da Construção (CBIC) apresentou no evento o “CBIC Serviços”, uma carteira de gerenciamento de boletos e créditos. “Achei a iniciativa bem interessante e, com certeza vamos estudar mais profundamente para ver de que maneira podemos aplicar em nossa região”, afirma.

Para o presidente do Sinduscon Criciúma, Olvacir Bez Fontana, a participação de eventos como este é de suma importância para a evolução das empresas e do setor na região Sul. “Precisamos buscar sempre o aprimoramento naquilo que fazemos. É bom para nós, é bom para as empresas, para o setor e, claro, para o nosso país”, afirma.

Com base nisso, os associados ao Sinduscon Criciúma já estão se organizando para participarem da 22ª Construsul, que acontece de 30 de julho a 02 de agosto, em Porto Alegre.