Por: Litoral Sul | 18/08/2019

A força do agronegócio do Sul Catarinense esteve em evidência nos últimos cinco dias, no Pavilhão de Exposições José Ijair Conti, em Criciúma, durante a AgroPonte 2019. A 9ª Feira do Agronegócio & Agricultura Familiar encerrou às 18h deste domingo, 18, e já contabiliza mais um sucesso de público e de negócios, mostrando mais uma vez todas as potencialidades do setor na região e para a região.

Entre em nosso grupo e receba as notícias no seu celular. Clique aqui

Mais de 100 mil pessoas visitaram o evento que iniciou na quarta-feira. “Superamos as expectativas de quem durante 12 meses trabalhou e organizou o evento. Os pavilhões absolutamente lotados, o número de expositores bateu recorde e o público ultrapassou a edição anterior”, afirma Willi Backes, diretor da NossaCasa Feiras & Eventos, organizadora da AgroPonte.

Quem colheu bons frutos foi Arnaldo Bez Batti, que levou os seus gados reprodutores e matrizes para a feira e comercializou seis deles, além de participar e vencer categorias do julgamento de bovinos da Raça Brahman, realizado na sexta-feira.

“Uma pessoa de Itajaí soube que nós ganhamos o primeiro lugar aqui, saiu de lá de Itajaí com um caminhão, veio aqui e levou dois animais nossos. Tudo o que tem aqui na feira é muito bom para nós e queremos ser parceiros para as próximas”, conta Bez Batti, que participa da AgroPonte desde a primeira edição da feira de bovinos.

Sonho realizado na agricultura familiar

Entre os mais de 250 expositores que participaram da 9ª AgroPonte, marcaram presença 40 cooperativas e associações da agricultura familiar. O gerente regional da Epagri em Criciúma, Edson Borba Teixeira, conta que os agricultores venderam muito. “Mas não é só a venda, é também o contato e a prospecção de novos negócios, porque aqui passam muitos compradores, desde redes de supermercados, lanchonetes, casas de conveniência, de produtos naturais”, pontua Teixeira.

“A feira proporciona ao agricultor trazer todo o seu trabalho do dia a dia e mostrar ao público urbano, até visitantes que vêm de fora, os produtos da agricultura familiar. Para a Epagri, isso é a recompensa do trabalho de um ano inteiro planejando, organizando, assessorando os agricultores para hoje podermos dizer que fechamos com chave de ouro a AgroPonte 2019, que só não é melhor que a AgroPonte 2020, porque eu tenho certeza que a cada ano a feira só melhora”, complementa o gerente da Epagri.

Próxima edição já tem data

A 9ª AgroPonte contou, também, com a 7ª Feira Exposição Estadual de Animais, 4ª Feira Bovinos Comerciais Venda Direta e 2ª Exposição Oficial Cavalos Crioulos. A programação ainda ofereceu seminários e painéis técnicos gratuitos sobre temas variados, todos ligados ao agronegócio, além dos julgamentos dos bovinos das raças Angus e Brahman e o julgamento dos cavalos da Raça Crioula.

Com o fechamento da edição 2019 inicia-se o balanço, avaliação e desde já o planejamento para o ano que vem, que já tem data marcada. A 10ª AgroPonte será realizada de 19 a 23 de agosto de 2020. “A partir de agora reunimos os grupos de trabalho e fazemos as avaliações. Cada um tem uma sugestão de ampliação e de diversificação e eu acredito que vamos conseguir crescer para a próxima edição”, declara Willi Backes.