Por: Litoral Sul | 06/02/2019

O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva foi condenado nesta quarta-feira (6) a 12 anos e 11 meses de prisão no caso do sítio de Atibaia. A sentença foi proferida pela juíza federal Gabriela Hardt, que conduz os processos da Operação Lava Jato em Curitiba desde a saída do ministro Sergio Moro, para comandar o Ministério da Justiça.

A nova condenação envolve uma denúncia apresentada pelo Ministério Público Federal, em 22 de maio de 2017.

Além do ex-presidente, mais doze envolvidos também foram condenados hoje, entre eles Marcelo Odebrecht, Léo Pinheiro, José Carlos Bumlai, Emílio Odebrecht, entre outros.

O processo estava pronto desde o dia 8 de janeiro. Essa é a segunda condenação do petista, que está preso desde abril do ano passado, com pena para cumprir ainda de 12 anos e um mês, em caso envolvendo o triplex do Guarujá.

Lula aguarda, ainda, a decisão de uma terceira denúncia, de que ele teria recebido vantagem indevida da Odebrecht através de doação de um terreno para o Instituto Lula.

 

Por Exame