Por: Litoral Sul | 13/09/2018

Uma operação policial na manhã de hoje, para cumprir seis mandados de busca e apreensão nos bairros Progresso e São Sebastião, resultou na localização e prisão de um jovem de 19 anos. Ele é acusado de participar do assassinato de Beatriz Terezinha Alves dos Santos, na madrugada do dia 31 de maio. Usuária de drogas ela foi morta a tiros  no bairro Progresso, além da morte do policial aposentado, Carlos Amarildo. Ele foi executado a tiros, no dia 02 de junho, no bairro Jardim União, no interior da guarita de um condomínio de edifícios, onde trabalhava como guarda noturno.

Os dois homicídios foram praticados com armas de calibre 38 e .380 e desde início da investigação figuravam como suspeitos um adolescente, que foi localizado pela Divisão de Investigação Criminal de Criciúma ( DIC).

O coordenador da  DIC, o delegado de polícia, André Milanese, informou que em junho deste ano, o adolescente confessou com riqueza de detalhes sua participação nos dois homicídios. “Em seu depoimento eles não quis informar quem foram os comparsas, sendo obtido junto ao Juizado da Infância e Juventude desta Comarca a sua internação provisória. Além dele, participou do crime um outro jovem de 19 anos que continua foragido”, disse a autoridade policial. Segundo as investigações eles teriam praticado os crimes a mando de uma facção criminosa.

A operação desta manhã contou com a participação de 26 policiais civis da DIC, 1º DP, 2º DP, DPCAMI, DP Içara, DP Balneário Rincão e DP Siderópolis, além de quatro policiais militares do 9ºBPM.