Por: Litoral Sul | 15/03/2019

Você já ouviu falar em inteligência emocional? Ela pode ser definida como as competências que um indivíduo possui para criar autocontrole diante de diversas situações da vida e usar isso a seu favor. É a capacidade de suportar situações adversas e de controlar emoções. E será que você possui isso? Saiba que todas as pessoas possuem inteligência emocional, algumas de forma mais desenvolvida, outras menos, mas todos têm algum tipo de emoção que conseguem dominar melhor, seja alegria, tristeza ou raiva, por exemplo.

A inteligência emocional é bastante usada no mundo corporativo, como num cargo de liderança, dentro da qual ela está diretamente ligada ao instinto, à emoção e à razão, ao controle do que é sentido, sendo a capacidade de passar por esses diferentes níveis emocionais. Quem explica é o diretor e instrutor da MasterMind – Treinamentos de Alta Performance, André Casagrande.

“Um dos comportamentos essenciais na vida de qualquer indivíduo é o autocontrole. Quando conseguimos controlar emoções, atingimos um nível de controle acima da média. Inclusive, também é possível lidar com as emoções dos outros, mas, primeiro, a pessoa precisa saber lidar com as próprias emoções, para depois ter a capacidade de lidar com as de terceiros”, esclarece Casagrande.

Como desenvolver a liderança

Ainda sobre o papel de liderança, ele lembra que todo perfil de pessoa pode se tornar um líder, mas que isso depende do ambiente no qual ela está inserida. A pergunta é: em qual ambiente você deseja ser um líder? Porque não existe o líder melhor ou pior, o que acontece, segundo Casagrande, é que algumas pessoas têm um nível de liderança mais desenvolvida do que outras por conta do ambiente em que elas estão inseridas.

Na obra “A Lei do Triunfo”, de Napoleon Hill, o autor explica que, por 20 anos, entrevistou mais de 16 mil pessoas que eram consideradas referências nos Estados Unidos, como Henry Ford, Thomas Edison, John Rockefeller. O objetivo era encontrar pontos em comum que faziam com que essas pessoas conquistassem destaque entre as demais. “Por que algumas pessoas num mesmo ambiente conseguem se destacar das demais, às vezes dentro de uma mesma família, com a mesma educação? Foi isso que Napoleon Hill tentou entender e resultou no livro A Lei do Triunfo, que é um dos mais lidos e estudados no mundo”, ressalta o diretor.

O pesquisador e escritor chegou à conclusão de que essas personalidades que eram referência em diferentes áreas possuíam 17 comportamentos em comum. Baseadas no livro, essas habilidades em comum foram transformadas em uma metodologia de treinamento aplicada para desenvolver líderes no mundo todo. Conforme Casagrande, para desenvolver esses 17 comportamentos, são aplicadas técnicas e ferramentas comportamentais, as quais têm três pilares como base: liderança, inteligência interpessoal e comunicação eficaz.

O treinamento Lince, baseado nas obras de Napoleon Hill (também há o livro “Quem Pensa Enriquece, com mais de 30 milhões de exemplares vendidos no mundo), é oferecido pela MasterMind e voltado para quem deseja se desenvolver ou desenvolver o seu papel como líder, independente do meio do qual faça parte. “Geralmente, seguimos o nível hierárquico da empresa e iniciamos pelos cargos administrativos e gerenciais, como diretores, gestores, gerentes,  mas isso não é uma regra”, afirma.

As próximas datas do treinamento já estão definidas para o dia 21 de março, no Ibis Hotel, em Criciúma; 27 de março, na Associação Empresarial de Araranguá e do Extremo Sul Catarinense (Aciva), em Araranguá; e para o dia 29 de abril, no Oma Zita Hotel, desta vez em Forquilhinha. Mais informações sobre o treinamento e inscrições podem ser feitas através do telefone (48) 99929.6133 ou pelo e-mail [email protected].