Por: Carlos Filipe | 1 mês atrás

A Fundação do Meio Ambiente de Içara (Fundai) vai trocar exemplares da Spathodea Campanulata, também conhecida como Bisnagueira, Tulipeira-do-Gabão ou Chama-da-Floresta, por mudas nativas. Isto porque o plantio da Spathodea é proibido em todo o Estado de Santa Catarina.

De acordo com o presidente da Fundai, Ivan Réus Viana, a planta produz uma toxina que provoca a morte das abelhas nativas, o que pode causar desequilíbrio ambiental. “Quem possuir árvores como essa poderá substituí-las por plantas nativas gratuitamente”, salienta.

A proibição é estabelecida através da Lei Estadual 17.694/2019, que determina ainda a multa de R$ 1 mil por cada multa plantada ou produzida, com valor que pode dobrar em caso de reincidência.