Por: Litoral Sul | 10/08/2017

Ela nasceu nos Estados Unidos e veio para Criciúma com apenas quatro anos. A voz suave, mas potente, de Anmarie Rocha, 15 anos, conquistou os jurados e o público que acompanhou o 3º Festival de Música da Satc (Femusa 2017). Anmarie foi a vencedora geral desta edição, conquistando o troféu que homenageou o ex-diretor da Satc João Luiz Novelli.

“Nem acredito ainda”, disse Anmarie. Entre abraços dos amigos e parabéns pela conquista, ela contou que começou a cantar aos 12 anos entre amigos e em corais. Hoje, integra a turma do Musical Satc, grupo que surgiu nas oficinas musicais da escola e se apresenta interna e externamente. “Eu participei do Femusa quando tinha oito anos. Não fui bem e não quis mais participar. Agora, os professores incentivaram muito”, comentou.

Anmarie venceu na categoria cantor ou dupla. Em segundo lugar ficaram as cantoras Julia de Castro e Lara Fachin. Em terceiro, Mariana dos Santos. Já na categoria banda a vencedora foi a Sol em Sagitário. Em segundo lugar, Damas do Congresso. O primeiro colocado de cada categoria ganhou uma guitarra. Já o segundo levou para casa um violão.

Já na categoria banda a vencedora foi a Sol em Sagitário

 

O Femusa 2017, realizado no auditório 1 da Satc na noite de quarta-feira (9), reuniu duas bandas e nove cantores ou duplas na disputa. As apresentações foram avaliadas pelos maestros Jefferson Pinter, Joel de Oliveira e Reinaldo Hoepers. Eles analisaram critérios como ritmo, harmonia, melodia, postura em palco, entre outros itens.