Por: Litoral Sul | 17/10/2018

A investigação feita pelo delegado Jair Pereira Duarte e sua equipe da DPMU de Arroio do Silva e da CPP de Araranguá, resultou na prisão de um casal na tarde de ontem, em Laguna, com o veículo Siena roubado da vítima. Segundo informações, a Polícia Militar daquele município abordou o veículo em atitude suspeita.

A mulher que mantinha um caso com a vítima estava deitada no banco traseiro do carro, escondida em meio a cobertores. Ela e seu comparsa, com quem também mantinha uma relação amorosa, foram levados para a delegacia de Polícia de Laguna. Ela que até então estada sendo considerada vítima, raptada pela dupla de bandidos, confessou sua participação no crime, alegando que atraiu a vítima até o Arroio, pois precisava de dinheiro para pagar dívidas de drogas.

O outro envolvido ainda não foi identificado, mas de acordo com o delegado Jair, as investigações continuam.

O casal foi autuado em flagrante, por tentativa de latrocínio. Ainda conforme o delegado, a algema usada na tentativa de latrocínio foi furtada de um policial militar, durante uma diligência no Balneário Arroio do Silva.

Entenda o caso

Um homem de 54 anos, foi vítima de uma tentativa de latrocínio, na madrugada da última segunda-feira, dia 15. Ele recebeu a ligação de uma mulher de 31 anos, com quem tinha uma relaçào há 14 anos, pedindo para ir até uma residência, na área central de Balneário Arroio do Silva. Ao chegar, por volta da uma hora, foi rendido por dois marginais que o algemaram e o jogaram dentro do próprio veículo, um Siena de cor prata.

Os bandidos andaram com o homem por mais de uma hora e ao chegar na localidade de Sapiranga, na Ponte do Rio Itoupava, o retiraram do carro e o jogaram no Rio Araranguá, fugindo em seguida com o veículo roubado. A vítima que foi algemada com os braços para frente, conseguiu nadar e salvar a vida, parando em um barranco às margens do rio. A PM de Meleiro foi acionada e conduziu o homem à Central de Plantão Policial.

Desde que comunicados do fato, agentes da DPMU do Arroio, coordenados pelo delegado Jair Pereira Duarte, iniciaram as investigações, sendo a vítima ouvida ainda na segunda-feira.

Homem é jogado no Rio Araranguá algemado