Por: Litoral Sul | 13/03/2019

Em busca de recursos para iniciar a terceira etapa das obras de prolongamento do Canal Auxiliar do Rio Criciúma e promover melhorias na área de saúde pública em Criciúma, o prefeito Clésio Salvaro, acompanhado do vereador Aldinei Potelecki, se reúne nesta quarta-feira (13), às 18h30, em Brasília, com o ministro da Saúde, Luiz Henrique Mandetta, e com representantes da Secretaria Nacional de Saneamento Ambiental (SNSA), do Ministério do Desenvolvimento Regional (MDR).

 (Entre no nosso grupo e receba as notícias no seu celular. Click Aqui )

“No MDR, vou convidar o ministro Gustavo Henrique Canuto para a solenidade de inauguração da implantação da segunda etapa do Canal Auxiliar do Rio Criciúma, que deve ser realizada em abril. Também vou tratar sobre a continuidade das obras, com a terceira etapa do Canal Auxiliar, que vai cruzar o bairro Santa Bárbara”, comenta Salvaro. A segunda etapa do Canal Auxiliar do Rio Criciúma recebeu investimento de R$ 23,7 milhões, sendo R$ 21,8 milhões provenientes do Governo Federal e R$ 1,8 milhões oriundos da Administração Municipal.

No Ministério da Saúde, Salvaro buscará a garantia de recursos para o custeio da Unidade de Pronto Atendimento (UPA) 24 Horas do Rio Maina. A intensão do Governo de Criciúma é implantar a estrutura na Policlínica do Rio Maina e atender uma área que abrange 200 mil habitantes. A UPA 24 Horas concentra os atendimentos de saúde de complexidade intermediária, compondo uma rede organizada com a Atenção Básica e a Atenção Hospitalar.