Por: Litoral Sul | 11/09/2019

O trabalho realizado pela Divisão de Roubos (DRR/DIC de Criciúma) identificou três homens e uma mulher envolvidos nos crimes. Os quatro foram indiciados pelos roubos. Dois investigados estão recolhidos no sistema prisional.

Entre em nosso grupo e receba as notícias no seu celular. Clique aqui

Uma dupla (29 e 25 anos) foi identificada como autora de roubo em comércio, no bairro Cruzeiro do Sul. O crime ocorreu em uma lanchonete, próxima a um Hospital, no último mês de maio. “Os criminosos usaram armas de fogo. Foi levado dinheiro do local e pertences dos clientes. Os dois investigados seguem presos”, completa o delegado do caso, Yuri Miqueluzzi.

Já no bairro Jardim Angélica, um casal (27 e 26 anos) foi identificado com envolvimento na subtração violenta. “Logo após a vítima desembarcar de um ônibus, foi surpreendida pela dupla que levou um aparelho celular”, destaca o delegado. O crime ocorreu no mês de fevereiro e neste caso os envolvidos responderão pelo fato em liberdade.

A pena máxima prevista para o roubo pode superar 16 anos de prisão quando realizado com uso de arma de fogo. “Caso ocorra a morte da vítima, a pena máxima pode ser estipulada em 30 anos de reclusão”, conclui Miqueluzzi.