Por: Litoral Sul | 11/03/2019

Na tarde dessa segunda-feira, 11, a assessoria de imprensa do Criciúma Esporte Clube, publicou um comunicado onde pede desculpas aos seus sócios, torcedores e simpatizantes.

O motivo foi pelo fato do sistema de som do estádio Heriberto Hülse, ter executado o hino do clube com o jogo ainda em andamento, enquanto os torcedores vaiavam o presidente do clube, Jaime Dal Farra, pela derrota na tarde de ontem, por 1 a 0, em casa diante da Chapecoense.

Ainda na oportunidade, o profissional que presta serviços ao Criciúma, Renato Teixeira, pediu demissão do cargo e via redes sociais afirmou que apenas cumpriu ordens.

Leia a nota na íntegra

COMUNICAÇÃO OFICIAL

O Criciúma Esporte Clube, por meio desta, pede desculpas aos seus sócios, torcedores e simpatizantes e lamenta pelo ocorrido no sistema de som do Estádio Heriberto Hulse ontem durante o jogo. O equívoco não se repetirá, e as circunstâncias que levaram ao fato serão discutidas, e os processos internos de comunicação corrigidos.