Por: Maira Rabassa | 11/09/2019

Vereadores mostram-se preocupados com desenvolvimento econômico do Balneário Rincão

Em sua 32ª Sessão Ordinária, realizada na noite de ontem, os vereadores do Balneário Rincão aprovaram quatro indicações, duas moções e dois projetos de lei, mostrando-se preocupados com o desenvolvimento econômico do município. De autoria do vereador Luiz Carlos Pinto, do PT, a Indicação 150/2019, pede ao chefe do Poder Executivo que viabilize a construção de uma quadra poliesportiva na Escola Arroio Rincão, localizada no Centro do município; e a Indicação 152/2019, que quer do prefeito um retorno sobre as reuniões realizadas com pauta na instalação de novas empresas vindas para a área industrial.

Entre em nosso grupo e receba as notícias no seu celular. Clique aqui

Já a Indicação 151/2019, do vereador o João Picollo, PT, pede revisão e, se necessário, alterações na Legislação Tributária para aumentar os incentivos fiscais para empresas que queiram vir a se instalar no município. Na área da saúde, a Indicação do vereador Carlos Patrício, PRP, de Nº 153/2019, pedindo a instalação de uma caixa de sugestões em todas as unidades de saúde do Balneário Rincão, para que a população possa sugerir, opinar e reclamar quanto aos serviços prestados, mas com nome e telefone, para que seja dado o devido retorno.​

Seminário de Pesquisa e Planejamento de GestãoTerritorial inicia na Unesc

A 10ª edição do SPPGT (Seminário de Pesquisa e Planejamento de Gestão Territorial) iniciou na terça-feira, 10, na Unesc. Neste ano o evento tem como temática Inovação, Tecnologia e Sustentabilidade e já no primeiro dia de atividades, foram realizadas apresentações e debates de artigos científicos. A abertura oficial do SPPGT contou com a palestra “Revolução Geoespacial: O Futuro Chegou! Ação, Interação e Gestão de Ambientes e Territórios”, com o professor, geógrafo, mestre em Sensoriamento Remoto e doutor em Geociências, Clódis de Oliveira Andrades Filho.

Minicursos e lançamento de livro 

O evento segue até esta quinta-feira, 12, com uma programação composta por minicursos, lançamento de livro e palestras. Conforme o coordenador do evento, Nilzo Ivo Ladwig, é perceptível um crescimento na quantidade de participantes e na produção de conteúdo ao longo dos 10 anos de história do Seminário. “Começamos em 2009 com um número pequeno de participantes e hoje temos quatro vezes mais pessoas acompanhando as atividades. Além disso, eles reconhecem o evento pela sua organização e pela sua relevância, em todas as esferas da programação”, comenta.

Case da produção de materiais para alunos com deficiência é apresentado em Florianópolis

O trabalho de excelência realizado pelo Núcleo de Produção de Materiais do Atendimento Educacional Especializado (AEE) da Secretaria de Educação de Içara, foi apresentado ontem em Florianópolis, no Congresso Catarinense de Educação Especial, na Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC). O evento encerra nesta quarta-feira, reunindo cerca de 600 profissionais e pesquisadores de vários Estados.

Trabalho científico içarense 

A apresentação do trabalho realizado no Município foi conduzida pela professora Maria Izabel Luiz, professora responsável pelo AEE de Içara, com o tema “Livros didáticos tradicionais: adaptação/ampliação para alunos com deficiência matriculados na Rede Municipal de Içara”. “O congresso está sendo muito rico, pois as palestras e apresentações estão sendo voltadas para Educação Especial inclusiva, com relatos de experiências que dialogam com o nosso trabalho e às nossas angústias. É a primeira vez que divulgamos nosso trabalho de forma cientifica, foi muito válido”, colocou Maria Izabel.