Por: Litoral Sul | 10/09/2018

O principal suspeito de ter praticado um crime bárbaro que chocou o Vale do Araranguá, no início da madrugada do último domingo foi preso pela Polícia Civil. Um casal de idosos, morador de Timbé do Sul foi assaltado e o criminoso esfaqueou o homem de 67 anos e o trancou no banheiro. Já a mulher de 64 anos teve uma faca colocada em seu pescoço, levada até uma vala e estuprada por aproximadamente 40 minutos.

Desde a comunicação dos fatos, a Polícia Civil iniciou os trabalhos de investigação, chegando à identificação de um suspeito de 34 anos, morador de Timbé do Sul. Segundo informações, o suspeito, comprou roupas em um mercado da cidade, já que as suas estavam sujas de sangue e o dinheiro usado para o pagamento era roubado das vítimas.

Ouvindo testemunhas e analisando imagens das câmeras de segurança, por volta do meio dia de ontem, o suspeito identificado como Gessias Paim Velho de 34 anos, foi localizado em uma casa apontada como ponto de venda de drogas, próximo ao estabelecimento comercial onde esteve após o crime.

A equipe da Divisão de Investigação Criminal de Araranguá, deslocou-se em apoio aos policiais civis de Timbé do Sul e Jacinto Machado. No imóvel, o suspeito foi localizado e uma camiseta suja de sangue foi encontrada no lixo.

De acordo com o delegado Lucas Fernandes da Rosa, coordenador da DIC, na casa também foi encontrada e apreendida uma faca, uma arma de fogo e drogas, além de dólares – pertencentes às vítimas – que foram trocados no mercado. O suspeito foi preso e encaminhado para a delegacia.

Durante a tarde testemunhas foram ouvidas e após os procedimentos o preso foi encaminhado à Central de Plantão Policial de Araranguá. As vítimas reconheceram Gessias como o autor do crime brutal. Ele foi autuado em flagrante e aguarda pela audiência de custódia.

Sobre o crime

O casal estava em casa, quando por volta da meia noite, a mulher ouviu disparo do alarme vindo da garagem. O marido abriu a porta da sacada do quarto para ver o que estava acontecendo e foi surpreendido por um homem. O criminoso que chegou de bicicleta e que estava armado com uma faca, quebrou a porta de vidro do quarto, esfaqueou o idoso no abdômen e o trancou no banheiro.

Conforme relatos, o marginal que estava aparentemente embriagado e drogado, exigiu dinheiro e a idosa, apavorada entregou mil reais. Como se não bastasse ter ferido o idoso e ter pego o montante, o criminoso pegou a mulher a força, colocou a faca no pescoço e a arrastou para fora de casa, a levando até uma vala, onde foi estuprada.

Com intuito de matá-la, o bandido jogou duas pedras em sua cabeça. A idosa se fingiu de morta para que o agressor fosse embora. Após os crimes, o marginal fugiu em uma bicicleta e a vítima conseguiu pedir socorro. O marido foi encaminhado ao hospital. Em estado de choque, a mulher contou aos policiais detalhes dos minutos de horror vividos durante a madrugada.