Por: Litoral Sul | 11/02/2019

Neste período de volta às aulas uma das principais atrações para as crianças de forma geral é reencontrar os amigos na escola e poder usar seus materiais novinhos com empolgação e capricho. Para as crianças atendidas pela Casa Guido o retorno à classe é ainda mais especial, pois muitos deles precisaram realizar tratamentos e mais tratamentos até que pudessem voltar ao ambiente escolar e a sua rotina normal.

Em meio a correria e a mudança total do dia-a-dia da família, no entanto, a compra dos materiais escolares por muitas vezes fica impossível para as condições dos pais e é aí que a instituição entra para auxiliar. A ideia é que cadernos grandes e pequenos, canetas, lápis tradicionais, lápis de cor, giz de cera, cartolinas, estojos, mochilas, entre outros artigos tradicionais nas listas de materiais das escolas sejam arrecadados até o fim do mês para beneficiar as crianças e adolescentes da instituição que tiverem essa necessidade.

Para a coordenadora da Casa Guido, Rosane Búrigo Gonçalves, apesar de ser mais uma luta encarada pela instituição, a arrecadação de materiais escolares é de extrema importância para as famílias que os recebem. “Não dá para imaginar o quanto nossas crianças esperam o momento de voltar as aulas, depois de dias, meses de internação ou até anos de tratamento. Eles aguardam ansiosos o dia de levantar cedinho, colocar a mochila nos ombros e fazer toda a tarefa sem nunca mais reclamar. Tudo isso os traz um prazer enorme”, relata. Conforme ela, esse é mais um pedido feito à sociedade com o coração. “Sabendo dessa ansiedade deles por voltarem para a escola e vendo tantos exemplos de famílias que não têm condições de comprar o que é necessário, nosso desejo é que eles retornem para as aulas com o material adequado solicitado pela escola. Queremos que eles tenham este sentimento de felicidade igual a todos os coleguinhas e sabemos o quanto isso pode somar no resultado do tratamento e no desempenho de suas atividades”, completa Rosane.

Lojistas ou pessoas da comunidade que tiverem o interesse de colaborar com esta causa podem entrar em contato com a instituição pelo telefone (48) 3045-6211 ou direto na sede da Casa Guido, localizada na Rua Santo Antônio, 790, no Centro de Criciúma.