Por: SC Portais | 24/07/2018

Pequenas amenizam a crise

Pesquisa do Sebrae e Dieese revela que as micro e pequenas empresas foram responsáveis pela geração de mais de cinco milhões de empregos entre os anos de 2006 e 2016. O estudo mostra que a recessão econômica ocorrida em 2015 e 2016 afetou duramente a atividade econômica do país, porém os pequenos negócios contribuíram para amenizar os impactos da crise no mercado de trabalho e na estrutura produtiva do Brasil.

Pilares dos empregos

Em 2016, ano do ápice da recessão econômica, os pequenos negócios representavam 99% dos estabelecimentos existentes no país e eram responsáveis por mais da metade dos empregos com carteira de trabalho, 54,5%, e pelo pagamento de 44,3% da massa de salários. Segundo a pesquisa, houve um incremento de 1,1 milhão de pequenos negócios no país no período entre 2006 e 2016, o que representou crescimento de 21,9% e permitiu a geração de 5 milhões de novos postos formais de trabalho, elevando para 16,9 milhões o total de postos, nessas empresas.

Praça XV

Imprensa, Maçonaria, Academia Catarinense de Letras, Brigada Militar e Instituto Histórico e Geográfico estarão reunidos na sexta-feira, 27, em Florianópolis, na Praça XV de Novembro. Na oportunidade, serão celebrados o Dia da Imprensa Catarinense, os 187 anos de “O Catharinense”, primeiro jornal impresso em Santa Catarina, 86 anos da fundação da Associação Catarinense de Imprensa, 50 anos da Casa do Jornalista. As homenagens acontecem a partir das 10h30min e serão realizadas junto ao busto de Jerônimo Coelho, Patrono da Imprensa e da Maçonaria.

Este livro é seu

“Esqueça um livro e espalhe conhecimento” é o tema da campanha para “esquecer” um livro dia 25 de julho, em qualquer lugar, com apoio da Fundação Cultural de Criciúma (FCC). Junto com o livro “esquecido”, a sugestão é deixar um bilhete dizendo para a pessoa que o encontrou “pode levar, este livro é seu”.

Agricultura Familiar

De 15 a 19 de agosto a Nossa Casa Feiras e Eventos promove em Criciúma a Feira Agroponte, com destaque para a apresentação de produtos da Agricultura Familiar. A feira acontece no Pavilhão José Ijair Conti, onde também será servido Café Colonial, com produtos regionais.