Por: Litoral Sul | 30/05/2019

Em virtude da previsão de chuva intensa entre esta quinta-feira, 30 e sábado, 1, em regiões de Santa Catarina, o prefeito de Criciúma, Clésio Salvaro, acionou o Gabinete de Crise da Administração Municipal para elencar estratégias que visam auxiliar os moradores e amenizar possíveis estragos que podem ser causados pela chuva em bairros de Criciúma. Todo o secretariado foi mobilizado na manhã desta quinta-feira, em reunião no Paço Municipal Marcos Rovaris.

Conforme o coordenador da Defesa Civil de Criciúma, Dioni Borba, há possibilidade de acúmulo de 70 milímetros a 80 milímetros de chuva em locais pontuais da região Sul catarinense nesta quinta-feira. “Estamos em estado de alerta. O prefeito Salvaro acionou o Gabinete de Crise e ações foram tomadas. Todas as equipes, de todas as secretarias municipais, além de equipamentos para transportes, estão prontas para atuar”, comenta.

Gabinete da Crise foi acionado na manhã desta quinta-feira pelo prefeito Clésio Salvaro

Na última segunda-feira, para prevenir possíveis futuros alagamentos em comunidades de Criciúma, a Administração Municipal, por meio da Secretaria de Infraestrutura, Planejamento e Mobilidade Urbana, iniciou a remoção de entulhos de bocas de lobo e de caixas coletoras de água que apresentaram problemas de escoamento de água durante o temporal que atingiu o município na sexta-feira (24).

“Todas as áreas de riscos no município, com os pontos de maiores vulnerabilidades, estão sendo monitoradas pelas equipes da Prefeitura de Criciúma. Também estamos nas ruas orientando os moradores e realizamos intervenções em alguns bairros, principalmente nas áreas mais prejudicadas pelo temporal da última semana. O Gabinete de Crise está preparado para atuar e auxiliar os criciumenses”, destaca Salvaro.

Em Santa Catarina, de acordo com dados do Centro de Informações de Recursos Ambientais e de Hidrometeorologia de Santa Catarina (Ciram), da Empresa de Pesquisa Agropecuária e Extensão Rural de Santa Catarina (Epagri), a sexta-feira (31) e o sábado permanecem com chuva, em especial, nas regiões do Vale do Itajaí, Planalto Norte e Litoral Norte, onde o volume de água pode atingir de 40 milímetros a 70 milímetros em 48 horas.