Por: Litoral Sul | 13/08/2018

A unidade de saúde 24 Horas do bairro Boa Vista conta, desde a última segunda-feira, com um novo sistema interno para gerenciamento dos atendimentos de urgência e emergência. O sistema tem uma integração de dados com todas as Unidades Básicas de Saúde (UBS) do município e também com a Unidade de Pronto Atendimento (UPA), Dr. Antônio Carlos Althoff, possibilitando aos médicos e enfermeiros, acesso a todo o prontuário do paciente.

O painel eletrônico inclusivo, orienta o paciente por meio de texto e áudio, possibilitando que pessoas não alfabetizadas ou com dificuldade de leitura e visão saibam quando estão sendo chamadas.

Para utilizar a ferramenta, os profissionais de saúde do 24 Horas receberam capacitação da equipe de Tecnologia da Informação (TI) da Prefeitura de Criciúma. De acordo com o diretor de TI, Tiago Ferro Pavan, a saúde de Criciúma estava 47% informatizada no início de 2017. A meta é chegar a 100% até 2019.

Segundo a secretária de Saúde, Francielle Gava, na hora do atendimento, com o sistema integrado, o profissional tem controle se o paciente veio ou deve ser encaminhado a outra unidade. Também impede que um paciente solicite receitas repetidamente em unidades diferentes. “É uma grande conquista para Criciúma. Pela primeira vez temos todas as unidades de urgência e emergência do município verdadeiramente informatizadas, não apenas com computadores”, diz a secretária.

Primeiros dados

Na primeira semana registrando dados on-line, 1.039 atendimentos foram contabilizados, com menos de 1% sendo de emergência. A faixa etária de 20 a 39 anos corresponde a mais de 42% dos atendimentos.