Por: Litoral Sul | 21/09/2018

 Jornais ADI/Adjori – A falta de experiência para um cargo tão importante não atrapalha?

Lucas EsmeraldinoEstou no meu segundo mandato de vereador. Fui o mais votado, no segundo mandato. O mais votado na minha primeira eleição. Sou cirurgião dentista, formado pela UFSC, com especialização em ortodontia. Então, experiência é o que não falta.

E tenho certeza que o meu ponto forte é o meu alinhamento com o candidato Jair Bolsonaro. O nosso capitão que me convocou para ser o seu representante aqui em Santa Catarina. Eu serei o braço direito do Bolsonaro no senado. Tenho convicção de que eu sou a melhor opção para Santa Catarina hoje, no Senado federal. Eu represento a renovação, a esperança que o povo catarinense tanto precisa para essa eleição.

 

ADI/Adjori – Caso chegue ao senado, quais serão as suas primeiras medidas?

MiriamEu vou chegar! Eu preciso estar no Senado para, junto com o Bolsonaro, fazer as mudanças que o Brasil precisa. Vai ser muito difícil para ele como presidente, porque terão reformas que terão que ser feitas. A tributária, previdenciária, trabalhista e a reforma política, tão necessária. Serei o braço direito dele para fazer o que for preciso para colocar o Brasil no patamar que ele merece, por toda a sua natureza, beleza, e o que ele representa para Santa Catarina e toda a sua nação.

Quanto a propostas minhas para o senado, algo que eu já pedi ao Bolsonaro e ele se comprometeu, é refazer o pacto federativo. Ele já existe mas de uma maneira equivocada. Hoje, só 13% da arrecadação ficam no município, 63% vai para união. Então tem que reverter a pirâmide, deixar mais impostos no município para ajudar os prefeitos. Ficando mais dinheiro no município, vai ter mais dinheiro na saúde, para educação, enfim. Precisamos urgentemente refazer o pacto federativo. Os prefeitos não aguentam mais ter que ficar se humilhando para conseguirem fazer as coisas que precisam nas suas cidades.

 

 

ADI/Adjori – Você disse que está completamente alinhado com o candidato Jair Bolsonaro. Em quais questões, especificamente, vocês estão alinhados?

MiriamEstou 100% alinhado com o Bolsonaro na questão contra a ideologia de gênero, a favor do Escola sem Partido, contra o aborto. Há uma necessidade da revogação do estatuto do armamento, porque o cidadão de bem tem que ter o direito de dar mais segurança para a sua casa. Não quer dizer que qualquer um vai andar na rua com uma arma, mas o cidadão precisa ter o direito de fazer o curso, os exames, as provas exigidas pelo protocolo da Polícia Federal e ter uma arma para proteger a sua família.